As principais causas de problemas na carcaça do notebook são, por exemplo, hábitos como abrir e fechar a tela do notebook com velocidade ou força, segurar o notebook de maneira incorreta (principalmente de forma em que a dobradiça possa sofrer mais danos), ou ainda situações em que o notebook sofra quedas ou pancadas. Além disso, por ser uma carcaça de plástico, é inevitável que, com o tempo, o material acabe se desgastando, ficando mais seco. Com isso, a carcaça pode simplesmente se soltar ou apresentar quebras por estar menos resistente. E, inclusive, por esse material se desgastar com o tempo, ele influencia nos próprios parafusos que dão suporte às dobradiças, causando folgas e problemas. Contudo, se as dobradiças estão muito apertadas, isso também pode trazer problemas, por causa do esforço que é preciso para abrir ou fechar a tela do notebook. Ou seja, nem parafusos “frouxos” nem muito apertados são recomendados.

 

Mas afinal, tem solução?

 

Em cada notebook, o profissional especializado analisa de que maneira pode efetuar o conserto, sendo bastante particular em cada caso. Dependendo da situação, somente é preciso arrumar para que os parafusos se mantenham firmes e no lugar. Em outras situações é preciso utilizar resina para fazer o conserto ou optar por trocar a carcaça e, dependendo do modelo, pode ser trabalhoso encontrar o modelo da carcaça correta.

 

Como prevenir que isso aconteça?

 

Para evitar problemas na carcaça do notebook, alguns cuidados podem ser tomados, como por exemplo:

- Ter cuidado ao abrir e fechar a tela do notebook. Se você reparar que ao fazer esse movimento, o notebook já não tem a mesma firmeza de antes, é interessante procurar um técnico especializado de sua confiança, para verificar se está tudo certo;


- Carregar ou segurar o notebook de forma adequada, como pela base do notebook por exemplo, além de evitar quedas ou batidas.

 

fonte: Bringit

https://www.bringit.com.br/blog/dicas-e-tutoriais-para-notebook/a-carcaca-do-notebook-esta-quebrada/